TOZOVAC - UMA LENDA VIVA DA MÚSICA SÉRVIA


Fim de ano na Sérvia é época de muitos shows de figuras famosas que atraem multidões de sérvios. Este ano terá shows de artistas globais, como Steve Vai e Jennifer Lopez, e de artistas regionais, como Goran Bregović, Miroslav Ilić, a banda Prljavo Kazalište e, claro, Tozovac, dentre muitos outros. O artigo de hoje é sobre um destes artistas em especial: Predrag Živković "Tozovac" que há 5 décadas influencia gerações e se tornou um dos mais famosos compositores e cantores da música folk sérvia.

Predrag Živković nasceu em 1936 em Kraljevo na época em que a cidade fazia parte do Reino da Iugoslávia. Seu pai, conhecido como Toza (daí surgiu o apelido "Tozovac", que significa "de Toza"), tocava acordeão em sua própria kafana na cidade de Mataruška Banja, onde Predrag passava boa parte do tempo ouvindo as antigas músicas nacionais sérvias. Em 1941, Toza foi assassinado durante a ocupação alemã, deixando Predrag Tozovac sozinho com a mãe, Budimka, que o ensinou a tocar um punhado de músicas no acordeão do pai. Com 10 anos Tozovac começou a ganhar dinheiro tocando em casamentos e logo aprendeu com um professor a tocar também trompete e bateria.

Começou sua carreira profissional nos anos 60, acompanhando cantores famosos da época até que começou a compor e tocar suas próprias músicas. Como um dos raros músicos da época que tinham estudado realmente seu ofício, incluindo a teoria e a história da música, Tozovac passou a formar composições de qualidade e logo tornou-se uma figura popular em inúmeras kafanas.

Sua popularidade cresceu consideravelmente em 1971, quando venceu o festival musical "Pesma Leta" (em português: "A Música do Verão"), com a canção "Mirjana". No ano seguinte, se tornou de vez o cantor mais popular do país ao vencer novamente o "Pesma Leta" com a música "Oči Jedne Žene" ("Os Olhos de uma Mulher"). No mesmo ano, foi obrigado a se refugiar na casa de amigos na Alemanha depois que o governo comunista da época classificou a música "Jeremija" como četnik (anti-comunista). Porém, isso não afetou sua carreira, porque ao voltar para a Sérvia, dois anos depois, continuou sendo o favorito do público e por isso continuou cantando.

Algumas de suas músicas se tornaram verdadeiros hinos, e não são poucas... É dífícil encontrar um sérvio que não conheça "Vlajna", "Ovamo cigani", "Jesen u mom sokaku", "Prazna čaša na mom stolu", "A ja sam negde rujno vino pio" e por aí vai... Se você está no Brasil, não as conhece e quer conhecer, procure no Youtube. Se você está na Sérvia, ainda não conhece e quer conhecer, vá a qualquer kafana! Com certeza vão tocar algumas músicas de Tozovac.

Dizem que o que diferencia Tozovac dos outros cantores é não só a qualidade das composições, mas também sua sensibilidade, a maneira com que ele lida com o público... Isso eu confirmo com convicção: quando você vai a um show dele, parece que ele está te recebendo em casa, pela forma de interagir com as pessoas. Durante o show, de repente um rapaz cego foi levado ao palco, porque ele queria pedir uma música diretamente a Tozovac. Ele foi super bem recebido e logo em seguida Tozovac atendeu ao desejo dele! Não é à toa que o slogan do show era "Dođite da pevamo zajedno" ("Venham para cantarmos juntos"). No fim do show, quando ninguém conseguia mais ficar sentado, ele simplesmente convidou a pessoas da plateia a subirem no palco para dançar com ele!

E que show! Apesar do cara ter mais de 75 anos, o Sava Center ficou completamente lotado de pessoas de todas as idades e todos sabiam cantar as músicas todas! O senso de humor do Tozovac é um espetáculo à parte... Sempre fazendo piadas nos intervalos das músicas. Mas não só isso, quem vai num show de Tozovac pode ir com a certeza de que verá muito mais. No show desta semana (07/11) eu tive o imenso privilégio de ver Cune, outra lenda viva da música nacional sérvia, cantando no mesmo palco aos seus 80 anos! Se fosse "só" isso, eu já estaria satisfeito, mas além dos outros cantores convidados, o publico ainda assistiu a uma apresentação de dança contemporânea, a uma de kolo e até os irmãos que venceram o programa "Ja imam talenat" ("Eu tenho talento") fizeram uma performance incrível tocando gusle (instrumento medieval tradicional), acordeão e cantando. Ou seja, vale muito a pena! O show com tudo isso, durou quase 3 horas e o ingresso custou só o equivalente a 30 reais!

Para finalizar, nada melhor do que disponibilizar para vocês um pouco do show. Lembrando que este foi o segundo dele no final deste ano... O primeiro foi dia 26/10, o segundo dia 07/11 e agora vai ter o terceiro dia 15/11 - sem dúvidas que vai lotar de novo e o pessoal ainda vai querer mais!

Para saber mais sobre a história da música folk sérvia e outros cantores, leia o artigo "O folk e a música nacional da Sérvia através da história" clicando aqui.

Tozovac tocando "Ovamo Cigani" e "Oči Jedne Žene", duas de suas músicas mais conhecidas:

Cune cantando "Ljubav mi srce mori". Reparem como as pessoas cantam com vontade:

Apresentação de kolo:

Irmãos que venceram o programa "Ja imam talenat" tocando gusle, acordeão e cantando:

Você já foi a um show do Tozovac? Conte-nos como foi!

#tozovac #música

94 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

+381 60 417-8876

© 2020 por Bem-vindo à Sérvia.