Belezas do Leste dos Bálcãs | 10 dias

1º dia | Belgrado

Transfer do aeroporto no horário de chegada do voo a ser confirmado

12h30 – 14h30 Tempo livre para almoço

14h30 – 17h30 Passeio a pé pelo centro de Belgrado

A palavra que melhor descreve Belgrado é "surpreendente". Esta cidade tão pouco conhecida pelos brasileiros encanta todos que a visitam pela sua história, sua gastronomia, pela beleza do encontro dos rios Sava e Danúbio vistos da fortaleza medieval de Belgrado, mas principalmente por sua energia positiva e a hospitalidade das pessoas que a habitam. A ex-capital e maior cidade da antiga Iugoslávia, a atual capital da Sérvia é uma das cidades mais antigas da Europa e guarda uma série de segredos que só podem ser desvendados por aqueles que a visitam. Venha e prepare-se para uma das viagens mais autênticas da sua vida!

Nesse passeio visitamos as principais atrações do centro de Belgrado: a Praça da República, a rua de pedestres Knez Mihailova e a fortaleza de Belgrado.

18h00 Fim das atividades com o guia

2º dia | Belgrado

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel

09h00 – 13h00 Passeio a pé à Igreja do São Sava, à feira Kalenić e ao parque Tašmajdan.

 

A igreja do São Sava é a maior igreja ortodoxa do mundo, a feira Kalenić é a maior feira a céu aberto de Belgrado e o parque Tašmajdan é um lindo parque que foi bombardeado pela OTAN em 1999 e é onde fica a igreja do São Marco.

13h00 – 14h00 Tempo livre para almoço

14h00 – 15h30 Visita ao museu de História da Iugoslávia

Localizado em uma suave colina dentro de um formoso parque de onde se desfruta de uma espetacular vista de Belgrado, o local criado pelo próprio marechal Tito para cultivar rosas e outras plantas se transformou em um dos pontos mais visitados da cidade no conjunto denominado Museu de História da Iugoslávia. Ali, além de visitar o túmulo do presidente da antiga Iugoslávia - Tito, um dos líderes de Estado mais respeitados mundialmente - o visitante poderá conhecer em primeira mão quem e como foi o homem transformado quase em lenda épica naqueles já longínquos anos da Segunda Guerra Mundial e na façanha posterior de converter em prosperidade as ruínas e desolação herdadas daquele conflito. 

15h30 – 18h00 Passeio por Zemun com visita à Torre de Gardos

Neste passeio, vamos conhecer o antigo bairro de Zemun, localizado na zona norte de Belgrado, às margens do rio Danúbio. Era o local que abrigava a fortificação e a guarnição do Império Austrо-Húngaro, como um posto avançado, na época do domínio dos Habsburgo sobre a região. A arquitetura do bairro guarda construções de estilo barroco austríaco do século XVIII, inclusive igrejas católicas. A vizinhança abriga muitos centros culturais e kafanas (tavernas tradicionais típicas da Sérvia). O auge do passeio é a vista do mirante de Gardoš, que dá um bom panorama de todo o bairro e alcança até a fortaleza de Belgrado.

18h00 Retorno ao hotel. Fim das atividades com o guia.

3º dia | Novi Sad e Sremski Karlovci

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel;
09h00 – 10h30 Viagem de carro a Novi Sad;

 

Charmosa, tranquila e cercada por uma planície fértil, a montanha Fruska Gora e o rio Danúbio, a capital da Vojvodina é uma pérola entre as cidades da Sérvia. Também é conhecida como a "Atenas Sérvia", devido à sua importância cultural. Lá você verá uma população multiétnica e ótimos exemplos da arquitetura austro-húngara. Foi eleita Capital Europeia da Juventude para 2019 e Capital Europeia da Cultura para 2021.


10h30 – 12h00 Passeio a pé pelo centro de Novi Sad;
12h00 – 13h00 Passeio guiado pelos túneis da Fortaleza de Petrovaradin;

Elevando-se sobre o rio em um morro a 40m de altura, esta poderosa cidadela do século XVIII, considerada a segunda maior fortaleza da Europa (e uma de suas mais bem preservadas), é apropriadamente apelidada de 'Gibraltar no Danúbio'. Petrovaradin é o lar do popular EXIT Festival de Novi Sad todo mês de julho. Você também pode descobrir uma parte dos 16 km de túneis subterrâneos assustadores, mas legais, da fortaleza, construídos como parte de um complexo sistema de defesa.


13h00 – 13h30 Viagem a Sremski Karlovci;

 

Sremski Karlovci é um charmoso vilarejo aos pés da montanha Fruska Gora, famoso pelos vinhos, especialmente o Bermet - vinho de sobremesa preparado com ervas medicinais que é a marca registrada de Karlovci. Na época do dompinio austríaco, o Tribunal Vienense liberou os viticultores de Karlovci do serviço militar obrigatório por causa da qualidade de seus vinhos. O Bermet também estava incluído na carta de vinhos do navio Titanic. Iremos visitar o museu do vinho e mel e o centro do vilarejo de Sremski Karlovci.


13h30 – 15h00 Degustação de vinhos em vinícola tradicional de Sremski Karlovci;

15h00 – 16h45 Almoço em restaurante local
16h45 – 18h00 Viagem de volta a Belgrado;

18h00 Fim das atividades com o guia

4º dia | Timisoara e Sibiu  

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel e check-out

09h00 – 12h00 Viagem para Timisoara

12h00 – 16h00 Tempo para explorar Timisoara e almoçar

A cidade de Timisoara fica na Romênia e é a maior cidade do Banat, deitada no rio Begej e a sede do distrito de Tamiš. Timisoara é a terceira maior cidade da Romênia, e também é conhecida como o centro cultural, educacional e comercial do oeste da Romênia. Timisoara é também o maior centro cultural e histórico dos sérvios na Romênia. A cidade também é conhecida como "Pequena Viena".

16h00 – 19h30 Viagem para Sibiu

Sibiu foi a maior e mais rica das sete cidadelas muradas construídas no século XII pelos colonizadores alemães conhecidos como saxões da Transilvânia. As riquezas acumuladas por suas alianças pagaram a construção de edifícios impressionantes e as fortificações necessárias para protegê-los.A Cidade Velha de Sibiu retém a grandeza de seus dias anteriores, quando ricos e poderosos dominavam o comércio regional. Como Sighisoara e Brasov, tem um sentimento claramente germânico. As seções da parede medieval ainda guardam a área histórica, onde as ruas estreitas passam por edifícios do século XVII com telhados íngremes antes de se abrirem em vastas praças dominadas pela igreja, como a Praça Grande e a Praça Pequena.

19h30 Chegada em Sibiu, check-in no hotel e tempo livre. Fim das atividades com o guia.

 

5º dia |  Bran e Brašov

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel e check-out

09h00 – 12h00 Viagem para o castelo de Bran

12h00 – 16h00 Tempo para explorar o castelo e almoço

O Castelo de Bran, localizado na vizinhança da cidade de Brasov, é um monumento nacional e marco histórico da Romênia. A fortaleza situa-se na fronteira entre a Transilvânia e a Valáquia, encravado na floresta no pé dos Cárpatos. Conhecida como o "Castelo do Drácula", é promovido como a residência da personagem que dá título ao Drácula de Bram Stoker. Atualmente, o castelo abriga um museu aberto ao público, exibindo peças de arte e mobiliário colecionados pela Rainha Maria. Os turistas podem ver o interior em visitas livres ou guiadas. Ao fundo da colina situa-se um pequeno parque museu ao ar livre, o qual exibe estruturas camponesas tradicionais da Romênia, como cabanas e celeiros, representando todo o país.

16h00 – 17h00 Viagem para Brašov

Franzida pelos picos da região dos Cárpatos do Sul e resplandecente com a arquitetura gótica, barroca e renascentista, bem como uma riqueza de atrações históricas, Brasov é um dos lugares mais visitados da Romênia. O centro de Brasov foi fundado pelos Cavaleiros Teutônicos em 1211 em um antigo local dácio e habitado pelos saxões como uma das sete cidadelas muradas. Brasov exala um ambiente medieval distinto e tem sido usado como pano de fundo em muitos filmes do período recente.

17h00 Chegada em Brasov, check-in no hotel e tempo livre. Fim das atividades com o guia.

 

6º dia | Sinaia e

Bucareste

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel e check-out

09h00 – 10h00 Viagem para Sinaia

10h00 – 14h00 Tempo para explorar o castelo de Peles e almoçar

Mais de 40 anos, dezenas de construtores, artistas e escultores de madeira construíram o Castelo de Peleş. A obra-prima neo-renascentista foi encomendada pelo primeiro rei da Romênia, Carol I, e sua primeira pedra assentada em 1875. Hoje, esta antiga residência real de verão é uma atração turística muito popular. As visitas são feitas por visita guiada obrigatória de 40 minutos. No interior, todos os cantos estão repletos de tapetes de seda, vidros de Murano, nogueira esculpida ou mármore polido.

14h00 – 16h00 Viagem para Bucareste 

16h00  Chegada em Bucareste, check-in no hotel e tempo livre. Fim das atividades com o guia.

7º dia | Bucareste

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel

09h00 – 11h30 Passeio por Bucareste com guia local

Localizada às margens do Rio Dâmbovița, Bucareste é a capital e maior cidade da Romênia. De acordo com estimativas de 2011, Bucareste tinha uma população de 1 883 425 habitantes, o que a torna a sexta maior cidade na União Europeia em população dentro dos limite de cidade.

 

Para os padrões europeus, Bucareste não é uma cidade antiga, já que sua existência foi referida pela primeira vez por estudiosos em 1459. Desde então, passou por uma grande variedade de mudanças, tornando-se a capital estatal da Romênia em 1862 e consolidando firmemente sua posição como centro das comunicação em massa, cultura e arte romenas. Sua arquitetura eclética é uma mistura de eras históricas, entreguerras, comunista e moderna. No período entre as duas Guerras Mundiais, a arquitetura elegante e a sofisticação de sua elite deram a Bucareste o apelido de "Paris do Leste" ou "Pequena Paris".

11h30 – 14h30 Tempo livre para explorar Bucareste e almoçar

15h00 – 16h00 Passeio guiado pelo Palácio do Parlamento

O Palácio do Parlamento, localizado em Bucareste, na Romênia, é um edifício com múltiplas funções onde estão instaladas ambas as câmaras do Parlamento Romeno. Com 350.000 m² é o maior palácio do mundo e o segundo maior edifício, após o Pentágono. O palácio foi originalmente encomendado e desenhado no final da década de 1970 pelo regime comunista do ditador Nicolae Ceauşescu para ser a sede de todo o poder político e administrativo na Romênia. O seu arquiteto chefe foi Anca Petreşcu. A construção teve inicio em 1980 e durou até 1989, quando Ceauşescu foi deposto. Até então, menos de 80% do edifício havia sido construído, mas a obra foi interrompida por ser muito onerosa para os cofres públicos romenos. Nicolae Ceauşescu chamou-lhe Casa da República, mas muitos romenos chamaram-lhe Casa do Povo. De acordo com o Livro Guinness dos Recordes, o palácio é o maior edifício administrativo civil do mundo (O Pentágono é o maior em termos absolutos), o edifício administrativo mais caro e o edifício mais pesado.

16h00 Resto do dia livre.

8º dia | Veliko Tarnovo e Sófia

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel e check-out

09h00 – 12h30 Viagem para Veliko Tarnovo

12h30 – 16h00 Tempo para almoçar e explorar Veliko Tarnovo

Muitas vezes referida como a "Cidade dos Tsars", Veliko Tarnovo está localizada no rio Yantra e é conhecida como a capital histórica do Segundo Império Búlgaro, atraindo muitos turistas com sua arquitetura única. A parte antiga da cidade está situada nos três morros: Tsarevets, Trapezitsa e Sveta Gora, que se elevam em meio aos meandros do Yantra. Em Tsarevets estão os palácios dos imperadores búlgaros e do Patriarcado, a Catedral Patriarcal, e também uma série de edifícios administrativos e residenciais cercados por paredes espessas. Trapezitsa é conhecido por suas muitas igrejas e como a antiga residência principal da nobreza. Durante a Idade Média, a cidade foi um dos principais centros de cultura europeus e deu seu nome à arquitetura da Escola Artística de Tarnovo, à pintura da Escola Artística de Tarnovo e à literatura. Veliko Tarnovo é um importante centro administrativo, econômico, educacional e cultural do norte da Bulgária.

16h00 – 19h00 Viagem para Sófia

19h00 Chegada em Sófia. Fim das atividades com o guia

9º dia | Sófia

08h00 – 09h00 Café da manhã no hotel

09h00 – 11h30 Passeio guiado com guia local em Sófia

Sófia é a capital e maior cidade da Bulgária. 1,26 milhões de pessoas vivem na cidade e 1,68 milhões de pessoas vivem em sua região metropolitana. A cidade fica no pé da Montanha Vitosha, na parte ocidental do país. Estando no centro da península dos Bálcãs, está a meio caminho entre o Mar Negro e o Mar Adriático, enquanto o Mar Egeu é o mais próximo. Sófia tem sido uma área de habitação humana desde pelo menos 7000 aC. Sendo a cidade primária da Bulgária, Sófia é berço de muitas das principais universidades locais, instituições culturais e empresas comerciais. Sófia é um dos 10 melhores lugares para start-ups no mundo, especialmente na área de tecnologias da informação. 

11h30 – 13h00 Tempo para explorar Sófia

13h00 – 15h00 Tempo livre para almoço

15h00 – 17h00 Visita à igreja Boiana

A Igreja Boiana é uma igreja ortodoxa  medieval búlgara localizada nos arredores de Sófia, no bairro Boiana. Em 1979, o edifício foi adicionado à Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. A ala leste da igreja de dois andares foi originalmente construída no final do século X ou no início do século XI, depois a ala central foi adicionada no século XIII sob o Segundo Império Búlgaro, todo o edifício sendo finalizado com uma expansão adicional a oeste em meados do século XIX. Um total de 89 cenas com 240 imagens humanas são retratadas nas paredes da igreja.

17h00 Retorno ao hotel e tempo livre.Fim das atividades com o guia.

10º dia | Partida de Sófia

Café da manhã no hotel e check-out. Transfer para o aeroporto em horário a combinar.

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

+381 60 417-8876

© 2020 por Bem-vindo à Sérvia.