A JORNADA DE UM BRASILEIRO NUMA FACULDADE SÉRVIA


Ontem passei na última prova do período de Economia! Não foi nada fácil... Nos últimos meses, tive que dominar o idioma sérvio na marra e ainda me habituar a um sistema de ensino bem diferente do que temos no Brasil. Vocês acreditam, por exemplo, que as provas de fim de período são orais? Pois é... Leia este artigo para descobrir o que mais há de diferente no sistema de funcionamento das faculdades sérvias e como um brasileiro conseguiu sobreviver ao seu primeiro semestre de estudos no país!

Para começar, a primeira diferença é que as faculdades aqui não recebem alunos novos a cada semestre - somente uma vez ao ano. As aulas começam no fim de setembro ou começo de outubro e vão até o fim de janeiro ou começo de fevereiro (é o chamado "zimski semestar" ou "semestre de inverno"). O nosso descanso neste semestre é durante os feriados do ano novo convencional ao ano novo sérvio, o que dá um total de mais ou menos 15 dias de folga. O descanso para muitos é apenas teórico, porque logo em seguida começa o "januarski ispitni rok" ou, traduzindo livremente, "época de provas de janeiro", então os dias longe da faculdade são ainda usados para estudos.

Ao chegar na faculdade para o primeiro dia de aula, é óbvio que eu estava muito nervoso. A ideia de estudar em sérvio me assustava bastante, mas como eu até já conseguia me comunicar no idioma, tinha a certeza de que superaria esta dificuldade. Nos primeiros dias, não falei com praticamente ninguém, demorou um pouco até eu relaxar. Além do mais, no fim das aulas, eu ficava completamente exausto por causa da enorme quantidade de informações em sérvio que meu cérebro recebia - era demais mesmo! Porém, diria que com duas semanas de aulas, já tinha me acostumado com o ambiente e já tinha até feito alguns amigos.

Os meus colegas todos ficaram animados ao saberem que tinha um brasileiro na turma deles... Todos me perguntavam "Otkud ti u Srbiji?" (algo tipo "Como assim você veio parar na Sérvia?") e sempre se surpreendiam quando viam que eu falava sérvio. Eles me ajudaram bastante no início, me ajudando a entender o que o professor ditava para copiarmos ou me dando material extra para estudar para as provas (os famosos "skripta", que são apostilas com perguntas-chave que têm mais chance de cair na prova). A palavra que mais me confortou sempre que ficava com medo do que estava por vir era "Polako...", que eles sempre usam no sentido de "Vai com calma...". Apesar de alguns falarem bem inglês, ninguém nunca falou inglês comigo, simplesmente porque não é a língua deles - e eu agradeço por isso! Senti que alguns colegas tinham receio de falar comigo por eu ser estrangeiro... Mas, para resolver isso, bastava eu chegar falando sérvio com eles, que eles logo percebiam que não teriam problemas de comunicação!

As aulas nas faculdades são divididas entre "predavanja" (aulas teóricas) e "vežbe" (aulas de exercícios) - você tem os dois tipos de aula para todas as matérias, sendo que os professores também são diferentes em cada tipo. Se você tiver dificuldades nas aulas, você pode usufruir da "konsultacija", que não é nada mais que uma "consulta" com o professor em horário pré-determinado, na qual você pode pedir explicações extras.

Os estudos eu fui conduzindo com muita calma e não vou negar que o Google tradutor me ajudou bastante a entender as palavras difíceis dos meus livros. No começo eu fui listando todas as palavras que eu não entendia e escrevendo o significado em português ao lado. Com o passar do tempo (e não foi nem muito tempo), percebi que as palavras iam se repetindo e logo não precisei mais usar o tradutor com tanta frequência. A Biblioteca Nacional da Sérvia foi minha segunda casa em épocas de prova... Grande, moderna e silenciosa - lá é o lugar perfeito para estudar!

Já o sistema de avaliação das faculdades é composto por:

  • Kolokvijum - É como eles chamam as provas que acontecem durante o período. Geralmente um período tem 2 kolokvijumi, que podem ser escritos (feitos numa folha de papel) ou eletrônicos (de múltipla escolha, feitos no computador). O tempo de duração e o número de perguntas varia de faculdade para faculdade. Na minha, por exemplo, nós tínhamos apenas 15 minutos para responder 30 perguntas (o que é considerado um tempo curto) nos kolokvijumi eletrônicos. Em outras palavras, eu tinha 30 segundos para responder cada pergunta escrita em cirílico e ainda com opções de respostas parecidas! Se você não passar, tem a opção de fazer um "popravni kolokvijum" para consertar sua nota posteriormente.

  • Završni Ispit ou somente Ispit - É a avaliação do final do período. É o maior desafio enfrentado pelos estudantes nas faculdades e foi onde eu tive o maior baque, porque a avaliação aqui é oral! Claro, exceto se a matéria for bem prática, como matemática - nesse caso você faz a prova em papel mesmo. Porém, quando a prova é oral, funciona assim: os estudantes são postos todos em uma sala e o professor vai chamando pequenos grupos para sortearem perguntas, sentarem na primeira fileira e irem preparando suas respostas individualmente (podem usar papel e caneta para ajudar no desenvolvimento do raciocínio). Toda a matéria que você estudou, todas as lições, são resumidas em apenas uma pergunta, que se você não souber não pode sortear outra! E as perguntas são bem abertas, do tipo "Fale sobre inflação", aí você tem que falar tudo o que você sabe sobre o assunto. Isso na minha faculdade... A quantidade de perguntas depende da faculdade, mas, em geral, os estudantes não recebem mais que 3 perguntas.

Imagine como eu fiquei nervoso enquanto esperava minha vez na avaliação final e via meus colegas dando altas explicações com um sérvio perfeito! O grande problema é que, apesar de ter conseguido um bom domínio do sérvio ao longo dos meses, ainda não tinha vocabulário suficiente para enrolar na resposta caso não soubesse a resposta exata! Contudo, no fim das contas, sorteei uma pergunta que eu sabia e fiquei tranquilo! Respondi com segurança, consegui impressionar os professores com meu sérvio e assim fechei o período de economia com uma média maior que a de muitos colegas sérvios... Fiquei super feliz por ter vencido este desafio!

Mas ainda não acabou. Agora ainda tenho ispit de marketing e aí começa o próximo período no fim de fevereiro. Quanto às minha expectativas, eu espero que até junho eu seja capaz de participar mais das aulas, o que não foi possível até agora por causa das limitações da língua e, consequentemente, do medo de falar besteira na frente da turma. Neste semestre que está chegando, me aguardam "Kvantitativne Metode" (Métodos Quantitativos), "Računovodstvo" (Controladoria) e mais... Vai ser pura diversão!

#vidanasérvia

0 visualização
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

+381 60 417-8876

© 2020 por Bem-vindo à Sérvia.